...................................................................................................

mais um dia ganho, de tantos perdidos






a presença abrangente da vida em toda a sua glória - tanto perfume e regozijo - não impede nem contradiz essa mágoa. a vida é só um esconderijo pra gente brincar de aprendiz. lá fora não há trégua, aqui a gente sofre feliz

ainda é cedo e já há muita coisa que esqueço
mas na cigania apreendi certas frases que não me largam:
- a única certeza a se ter é que com o amor chegam as cartas de ódio
- desentendimento começa com des e termina em lamento
- mesmo os mais doces episódios amargam
- despedida é a todo momento

a cada 15 minutos uma explosão silenciosa ocorre da qual não tenho controle
(sou só instrumento com os olhos estrelados, chorados de porre)
matei a velocidade do tempo, dancei como se ninguém estivesse morrendo
sou náusea e defeito do meu ocaso, mutação passiva onde extravaso
sou aquela louca fora da pedreira atirando a primeira pedra
atirando a segunda pedra
meu grito cristalizado e fedendo

Archive

Followers