...................................................................................................

ana foi pro céu sim



seus átomos poéticos
integram a massa vazia do uni-
versorversorverso

no momento é lua absoluta, me absorvendo
eu vi-vendo tudo à obscura luz dela
absolua
tanto brilho prata de riqueza pura, crua
eu tão ao seu lado e não!

pesado é o buraco
as coisas que se vão nesse vão de vida!
cada instante é só uma dissonância a mais

estava meio que brincando mas é bem assim
morrer de avião ou de onda faz parte
e da própria mão sim
ana foi pro céu sim



Archive

Followers