...................................................................................................

vida fodonha



aqui minha mensagem a-final:
sou seu navio at-errado
(meus disparates também são seus)
seja gentil enquanto me a-firmo
em praias movediças

de resto - vamos!
enquanto ainda somos
somamos
este o nosso luxo
(alguns não têm nenhum)
vamos! não se assuste
talvez, apenas talvez
tal vez
não a penas



a vida é um acidente
mortal
nos apressamos atrás da alegria
com tal pesar
mas lamentamos pelo que perdemos
por lamentar

a sapiência, querido, um falaço
confabulações sobre isso ou aquilo
linguagem e língua, beijo e malentendido
um grupo posando na praia
guris correndo do paço
o cão que ladra o ladrão

somos todos cobaias no grande ensaio
de algo parecido com uma peça
de quebra cabeças, querida

viu? uma idéia é mais livre que sua descrição
viver não comporta o sentido que damos à vida



Archive

Followers